O anticristo

Homens! Quando soar a hora em que, segundo a Vontade Divina, têm que se processar na Terra a purificação e a separação, atentai então para os sinais no céu que vos foram anunciados e que em parte são sobrenaturais!

Então, não vos deixeis enganar por aqueles homens, tampouco pelas igrejas que, há muito, se renderam ao Anticristo. É desolador que, até agora, nem mesmo as igrejas tenham sabido onde deviam procurar esse Anticristo que desde muito, porém, atua entre todos os homens. Com um pouco de vigilância, já deviam ter reconhecido esse fato! Quem pode então agir de modo mais anticristão do que aqueles que outrora combateram o próprio Cristo e finalmente também o assassinaram! Quem podia se mos­trar como inimigo de Cristo de modo mais cruel e claro!

Foram os portadores e os representantes das religiões terrenas, uma vez que os autênticos ensinamentos de Deus, personificados e revelados pelo Filho de Deus, não condiziam com sua própria organização. A verdadeira mensagem de Deus não podia combinar com elas, porque a organização dos dignitários eclesiásticos terrenos visava à influência, ao poder e à expansão terrena.

Bem nitidamente demonstraram com isso que eram eles os servos do intelecto humano, que visa somente ao conhecimento e poderio terrenos, obstruindo e opondo-se de maneira hostil a tudo que se situa além da compreensão terrena! Uma vez que Deus permanece totalmente fora da compreensão terrena do intelecto, como também o espiritual, logo é justamente o intelecto o único empecilho verdadeiro! Por isso, segundo a sua espécie, esse também é contra tudo que é divino e espiritual!

E, conseqüentemente, com ele todos os homens que, reconhecendo seu intelecto como sendo de importância máxima, procuram unicamente edificar sobre ele!

Os representantes das religiões daquele tempo temiam perder a influência junto ao povo, devido aos esclarecimentos do Filho de Deus. Isso foi, como hoje todos sabem, o motivo principal das calúnias que procuraram espalhar contra Cristo e finalmente também o motivo da execução do Filho de Deus. Pregaram na cruz como blasfemador contra Deus Aquele que, para esclarecê-los, havia sido enviado pelo mesmo Deus do qual eles se declaravam servidores!

Queriam fazer o povo crer que eles serviam a Deus; mas, quão pouco conheciam na realidade Esse Deus e Sua Vontade, quando, para glorificá-Lo e defendê-Lo na Terra … assassinaram esse Filho de Deus, o Enviado
Divino!

Como conseqüência nefasta disso, ficou evidente que eram escravos de seu intelecto terreno, que lutava apenas para manter sua influência. Eles se prestavam como instrumentos do verdugo a serviço do Anticristo, ao qual haviam silenciosamente erigido um trono. Encontravam, assim, satisfação para suas fraquezas humanas, tais como a presunção, a arrogância e a vaidade.

Quem esperar provas mais claras não poderá ser ajudado, pois algo mais antagônico a Cristo, o Filho de Deus, e às suas palavras, não existe! Aliás, Anticristo significa lutador contra Cristo, contra a redenção do homem pela Mensagem de Deus. O intelecto terreno empurrou aqueles representantes das religiões nessa direção! Justamente o intelecto, como produto venenoso de Lúcifer, constitui para ele uma ferramenta, que se transformou no que há de mais perigoso para a humanidade!

Por essa razão, o cultivo desproporcional do intelecto humano tornou-se para o homem, o pecado original! Por trás disso, porém, está o próprio Lúcifer como Anticristo em pessoa! E é ele que, graças aos homens, pôde erguer sua cabeça! Ele, o único verdadeiro inimigo de Deus! Adquiriu o nome de Anticristo pela luta hostil contra a missão do Filho de Deus. Nenhum outro teria tido a força e o poder para se tornar o Anticristo.

E Lúcifer se serve na Terra, em sua luta contra a Vontade de Deus, não de um só homem, mas quase da humanidade inteira, que com isso ele também conduz à perdição, sob o efeito da ira divina! Quem não puder compreender este fato tão evidente de que apenas o próprio Lúcifer pudesse ser o Anticristo, que ousa se colocar contra Deus, nunca poderá entender nada do que se processa fora da materialidade grosseira, isto é, fora do que é puramente terreno.

E como foi outrora, assim ainda é hoje! Até mesmo muito pior. Também hoje, muitos representantes das religiões talvez queiram lutar encarniçadamente, a fim de conservar, nos templos e nas igrejas, as regras do intelecto terreno usadas até agora.

Justamente esse intelecto humano, restringindo todos os sentimentos intuitivos mais nobres, constitui um dos produtos mais insidiosos que Lúcifer pôde cultivar e disseminar entre a humanidade. Todavia todos os escravos do intelecto são, na verdade, servidores de Lúcifer, cúmplices da imensa catástrofe que por isso terá que se abater por sobre a humanidade!

Uma vez que nenhum homem procurou o Anticristo por traz do inte­lecto, sua expansão sinistra foi bem mais fácil! Lúcifer triunfou, porque com isso isolou a humanidade de toda e qualquer compreensão daquilo que se encontra fora da materialidade grosseira. Da verdadeira vida! Do lugar onde apenas se inicia o contato com o Espiritual, que conduz à proximidade de Deus!

Assim, ele colocou seu pé nesta Terra, como seu senhore da maior parte da humanidade!

Então também não era de se estranhar que conseguisse avançar até os altares e que representantes terrenos das religiões bem como das igrejas cris­tãs tivessem que se tornar suas vítimas. Ora, também eles esperam o Anticristo só antes do Juízo anunciado. A grande Revelação da Bíblia ainda continuou incompreendida até hoje, como muitas outras coisas.

Diz o Apocalipse que esse Anticristo erguerá sua cabeça antes do Juízo! Porém não diz que ainda virá! Se está dito que ele ergue a cabeça, isso mos­tra deveras que já deve estar presente, mas não que ainda virá. Isto quer dizer que ele chegará ao auge de seu poder pouco antes do Juízo!

Vós que ainda não vos tornastes espiritualmente surdos e cegos, ouvi este brado de alerta! Esforçai-vos para refletir muito seriamente por vós mesmos. Se quanto a isso ainda continuardes comodistas, vós mesmos vos dareis por perdidos!

Tão logo alguém retire do esconderijo de uma cobra venenosa a proteção que a cobria e ela se vê subitamente descoberta, então é evidente que tentará dar o bote contra essa mão ousada, a fim de picá-la.

Aqui não é diferente. O Anticristo, vendo-se descoberto, contestará rapidamente por meio de seus servidores; ao ser desmascarado, gritará, tentando fazer de tudo para se manter no trono que a humanidade de bom grado lhe ofereceu. Todavia tudo isso ele pode fazer só por meio daqueles que, em seu íntimo, o veneram.

De agora em diante, portanto, quando começar a luta, prestai atenção aguçada em vosso redor! Reconhecereis com toda certeza, justamente por suas gritarias, todos os que a ele pertencem! Pois esses prosseguirão mais uma vez, como outrora já o fizeram, por temor à verdade pura, na oposição!

O Anticristo tentará de novo manter desesperadamente sua influência na Terra. Prestai atenção em sua falta de objetividade quanto à defesa e ao ataque; pois de novo ele agirá somente por meio de calúnias e desconfianças, porque seus seguidores são incapazes de agir de maneira diferente. Defrontar-se com a Verdade e contradizê-La, é impossível.

Assim, os servos de Lúcifer combaterão também o Enviado de Deus, exatamente como outrora fizeram com o Filho de Deus!

Toda vez que uma tal tentativa se manifestar, ficai alerta, pois com isso tais homens apenas pretendem proteger Lúcifer, a fim de manter seu domínio na Terra. Aí existe um foco de trevas, mesmo que os homens usem trajes terrenos exteriormente claros, mesmo que sejam servidores de uma igreja.

Não vos esqueçais dos acontecimentos do tempo em que o Filho de Deus viveu na Terra, porém ponderai que ainda hoje o mesmo Anticristo, com um número muito maior de seguidores, se esforça para manter seu domínio na Terra, para escapar à aniquilação e para continuar a obscurecer a verdadeira Vontade de Deus.

Por isso, observai com atenção todos os sinais que são anunciados! Convém a cada um, individualmente, tomar a última decisão. Salvação ou perdição! Pois, desta vez, é da Vontade de Deus que se perca o que novamente ousar erguer-se contra Ele!

Toda negligência nesse sentido entrará em vosso julgamento! Os sinais de Deus não aparecerão sobre uma igreja, não será um dignitário clerical da Terra que apresentará a prova de que é um Enviado de Deus! Mas somente aquele que estiver inseparavelmente ligado aos sinais e por isso também os trouxer consigo vivos e luminosos, como outrora o Filho de Deus, quando permaneceu nesta Terra. Trata-se da Cruz da Verdade, viva e luminosa n’Ele, e da Pomba, que paira sobre Ele! Esses sinais tornar-se-ão visíveis a todos os que forem agraciados para ver as coisas espirituais, a fim de darem testemunho a todos os homens na Terra; pois, entre todos os povos, se encontrarão aqueles aos quais, desta vez, será permitido “ver”, como última Graça de Deus!

Esses sublimes sinais da Sagrada Verdade jamais poderão ser simulados. Nem mesmo Lúcifer – que deles terá que fugir – conseguirá simulá-los, muito menos um ser humano. Portanto, quem ainda quiser se erguer contra essas credenciais de Deus, agora se erguerá contra Deus, como Seu inimigo. Mostra com isso que não é e tampouco foi servidor de Deus, não importando o que até então aparentou ser na Terra.

Cuidai para que também vós não sejais incluídos entre eles!